Família

31/10/2013 04h20

Adote um animal conscientemente

Trazer um animal para casa exige boas informações e responsabilidade

Por Nosso Bem Estar

JOSEPHFRASCIELLO/ISTOCKPHOTO.COM/NBE
Adotando um animal conscientemente

No dias atuais a quantidade de cães e gatos nas cidades é um problema crescente. É muito importante se conscientizar da importância de adotar ao invés de comprar animais novos. A pergunta número um antes de fazer a adoção é se você está preparado para adotar um animal. Para fazer uma adoção consciente e não se arrepender depois, reflita sobre os seguintes pontos:

# Cães e gatos vivem 15 anos em média. Você tem condições de assumir essa responsabilidade ao longo desse tempo?

# Assim como você, os animais também não gostam da solidão. Ter um animal para trancá-lo na lavanderia ou deixá-lo sozinho em casa o dia todo não é uma atitude correta. Ou o animal pode conviver com a família ou é melhor não tê-lo.

# Animais que vivem confi nados em pequenos espaços ou presos em correntes podem sofrer graves distúrbios de comportamento, desconforto, atrofi a óssea ou muscular, obesidade e depressão.

# Crianças não podem ser as responsáveis pelos animais. Se seu filho quer um bicho, mas você não gosta, não tem tempo nem paciência para cuidar, então é melhor não adotar.

# As pessoas da sua casa gostam de animais? Todos concordam que você leve um cão ou gato para casa? Consultou-os?

# Animais precisam ter um espaço próprio, como uma casinha ou caminha, onde se sintam seguros. 

# Animais precisam ter a oportunidade de brincar ao ar livre e de conviver com outros de sua espécie.

# Os cães necessitam de pelo menos um bom passeio por dia. Deve- se utilizar sempre coleira e guia para evitar que seu animal fuja, seja atropelado ou brigue com outros cães.

# Animais precisam de carinho, alimentação de boa qualidade, cuidados de higiene, vermífugos, vacinas anuais e cuidados veterinários. E isto custa dinheiro.

# Quando os animais ficam idosos, precisam de amor e cuidados redobrados. Você está disposto a amar e a cuidar de seu amiguinho por todos os dias da vida dele?

# Animais não são bichinhos de pelúcia. Eles têm personalidade, fazem bagunça, sujeira e nem sempre estão de bom humor ou dispostos a brincar.

# Animais sofrem profundamente com a rejeição e o abandono. 

# Abandonar ou maltratar animais é crime.

 

Fonte: Jornal Bem Estar

X